Bolsonaro defende melhoria do ensino no Brasil

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A um dia da posse, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, usou hoje (31) o Twitter para defender a melhoria da educação no país. Na rede social, ele reiterou o discurso de campanha pelo fim da ideologia nas salas de aula.

“Uma das metas para tirarmos o Brasil das piores posições nos rankings de educação do mundo é combater o lixo marxista que se instalou nas instituições de ensino”, escreveu o presidente eleito.

O ministro da Educação será o filósofo de origem colombiana Ricardo Vélez Rodríguez. “Junto com o ministro da Educação e outros envolvidos vamos evoluir em formar cidadãos e não mais militantes políticos”, acrescentou Bolsonaro.