Central do Cidadão de São Paulo do Potengi deve começar a funcionar em fevereiro

O Governo do Rio Grande do Norte afirma que a nova Central do Cidadão de São Paulo do Potengi deve começar a funcionar no final de fevereiro. A estimativa é dada pelo Estado surgiu após visita técnica ao prédio na tarde da terça-feira (15), com a presença do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), futuro secretário de Gestão de Projetos, e pela futura secretária do Trabalho e Assistência Sociail (Sethas), Iris Oliveira. Os últimos ajustes já estão sendo feitos para que o serviço passe a funcionar no novo local nos próximos 45 dias.

A Central custou R$ 2,8 milhões e foi financiada pelo projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, sendo finalizada em dezembro do ano passado. “Articulamos essa reunião hoje em São Paulo do Potengi para conhecer a obra e ver de perto o que está faltando para começar a funcionar. A visita teve um saldo positivo porque definimos os ajustes finais a serem feitos e saímos com a data para o início das operações”, afirmou Mineiro.

O equipamento de São Paulo do Potengi vai começar a funcionar em um modelo piloto, que, caso obtenha êxito, será replicado nas outras 22 Centrais do Cidadão que estão sendo construídas no RN. Serão oferecidos os serviços do Banco Cidadão, Caern, Agência de Fomento, Detran, Delegacia Regional do Trabalho, Instituto de Previdência dos Servidores, Itep, Junta Militar, Receita Federal, Procon, Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e foto/xerox. A expectativa é ter mais de 8,5 mil atendimentos mensais.

Também participaram da visita o articulador territorial do projeto Governo Cidadão na região Potengi, Dário Alves, o coordenador de engenharia do projeto, Sérgio Araújo, o representante da empresa EJF Empreendimentos, responsável pela obra, Ezieliton Fernandes, o gerente da Central José Augusto e os vereadores do município Diogo Alves e João Cabral.