Concurso para agentes da Polícia Civil do RN deve acontecer ainda este ano

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte tem déficit de 70% no número de agentes e escrivães. Das 5.150 vagas destinadas ao corpo policial, apenas 1.480 estão hoje preenchidas. O contingente de policiais é, atualmente, o maior empecilho para uma maior eficiência dos serviços prestados de investigação criminal. Além disso, a instituição também sofre com insuficiência de recursos.

Para suprir a ausência de servidores, será preciso fortalecer a integração das forças de segurança. O concurso da Polícia Civil foi iniciado em 2018, mas, em razão de falhas no edital, o Governo do Estado decidiu suspender todo o processo. Em 8 de janeiro, a Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos (Searh) criou uma nova comissão para gerir o concurso, que ainda não tem prazo para acontecer. A seleção vai abrir vagas para 1 mil novos agentes.