Coronel Silva Júnior: ‘Papel do CPRE é zelar pela vida, mas motoristas devem contribuir’

Comandante do CPRE (Comando de Polícia Rodoviária Estadual) do Rio Grande do Norte, Coronel Silva Júnior, defende que o papel principal do órgão seja o zelo pela vida de motoristas, motociclistas e das pessoas que trafegam pelas vias de todo o território potiguar, mas que somente a fiscalização não vai ter efeito de zerar acidentes que ceifam vidas.

Para o oficial, o órgão está presente na maioria das vias estaduais diuturnamente realizando fiscalização pertinente, embora boa parte dos que guiam veículos sem as condições mínimas de tráfego ainda conseguem escapar das blitzes. Ele voltou a pedir a contribuição de todos pelo zelo à vida. “Dirigir com atenção e não ingerir bebida alcoólica”, disse.

Ainda de acordo com o comandante do CPRE, o consumo de bebida alcoólica ainda é muito alto no meio de quem dirige, embora tenhamos na frota do Rio Grande do Norte um enorme número de veículos sem a menor condição de tráfego e ainda conduzido por pessoas não habilitadas, o que aumenta os riscos de acidentes com vítimas fatais.