Corpo de vítima do coronavírus no RN é enterrado sem velório e em caixão lacrado

O corpo do professor universitário Luiz Di Souza, vítima do novo coronavírus, foi enterrado em caixão lacrado, sem velório e com a presença de cinco familiares na noite deste domingo (29). Luiz morreu na noite de sábado após passar uma semana internado. Essa foi a primeira morte por Covid-19 no Rio Grande do Norte. Luiz tinha 61 anos e era diabético.

O sepultamento aconteceu no cemitério São Sebastião, em Mossoró. A esposa de Luiz, Margareth Souza, conta que a orientação foi para que os familiares ficassem a pelo menos três metros do caixão. “Não podíamos nem chegar muito perto”, disse. Somente ela, os três filhos e um genro puderam ir ao sepultamento. “Não permitem mais pessoas por causa do vírus”, disse Margareth.

G1RN