‘Empresários bolsonaristas’ na mira de inquérito do STF

A revista Época divulgou neste domingo (21) uma matéria afirmando que “ministros receberam a informação de que empresários bolsonaristas estão por trás de críticas à corte”.

Os autores da matéria responsabilizam os ministros Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Alexandre de Moraes e Ricardo Lewandowski, por “criar e manter o inquérito que procura investigar quem, na visão deles, coloca a segurança institucional do STF em risco”.

Segundo a revista, Toffoli teria sido informado de que, por trás das críticas virtuais feitas ao Supremo Tribunal Federal (STF), há empresários que doaram para o presidente da República, Jair Bolsonaro, nas eleições do ano passado e que continuam apoiando o governo do presidente.

Embora eles não apontem quais são os indícios, a suspeita desses ministros é que haja algo orquestrado, com dinheiro privado, contra o tribunal.