Governador Robinson Faria não comparece à inauguração de reforma do hospital regional de Santo Antônio

O governador Robinson Faria não compareceu na inauguração da reforma do hospital regional de Santo Antônio que aconteceu ontem a tarde. Robinson era esperado no evento, mas cancelou a agenda na terra da onça e preferiu pegar outro rumo.
 
Robinson teria evitado possivelmente o contato com o público temendo uma eventual manifestação contrária, como aconteceu na cidade de Parelhas, na semana passada onde ele foi recebido com vaias e sob protestos de servidores públicos estaduais que cobravam o pagamento dos salários atrasados e o 13º ainda de 2017. Pois, as suas últimas vindas a Santo Antônio não foram muito bem produtivas e receptivas pelo povo. Na última vez, por exemplo, quando participou
da entrega de sementes a agricultores da região, ele praticamente ficou falando sozinho e para os seus aliados políticos.

 

Em relação ao hospital, a maior reclamação da população é a situação de falta de médicos que, nos últimos anos, principalmente desde que Robinson está à frente do Governo do Estado, virou uma rotina e tem sido o gargalo de quem procura o atendimento médico na unidade. Por várias vezes, o assunto ganhou destaque na mídia e imprensa por faltar médicos para atender a população que precisa dos serviços da unidade hospitalar.

“Essa  reforma virá para fortalecer a estrutura dos serviços de urgência e emergência da unidade, uma vez que, quando equipados, serão entregues oito leitos de observação, uma sala vermelha, uma sala de ortopedia e sala de medicamentos”, explicou Vagner Araújo, coordenador do projeto Governo Cidadão, lembrando que apesar de ainda não ter recebido os novos equipamentos, a nova estrutura vai trazer melhorias também ao funcionamento do hospital, que em momento algum parou de atender às demandas médicas.

A reforma arquitetônica inclui  a adequação e modernização do ambiente hospitalar, fluxos e acessibilidade, além de revisão das instalações elétricas, hidrossanitárias, de gases e lógica para equipamentos de tecnologia da informação no setor.

 

No ato de inauguração representando o governo estiveram o secretário de saúde Dr. Pedro Cavalcanti, o coordenador do projeto Governo Cidadão, Vágner Araújo; o deputado Dison, a diretora da unidade hospitalar Luciana Barbosa, além dos aliados políticos do governador no município como o prefeito Josimar Ferreira, o vice-prefeito Dr. Estácio, o ex-prefeito Luís Carlos Vidal Barbosa, vereadores e algumas lideranças políticas.