Governo deverá divulgar nomes de quem recebeu auxílio de R$ 600, determina TCU

O TCU (Tribunal de Contas da União) determinou que o governo inclua no Portal da Transparência as informações de todos os cidadãos contemplados com o auxílio emergencial de R$ 600. Os dados devem estar disponíveis 15 dias após cada pagamento.

A decisão foi tomada após o governo constatar o pagamento indevido do auxílio a militares. O órgão determinou que eles devolvam o dinheiro e que a lista completa de quem obteve os recursos seja enviada ao Tribunal, que também exige medidas para o erro não se repetir.

As medidas foram tomadas inicialmente pelo ministro Bruno Dantas, em caráter cautelar, e acolhidas posteriormente pelo plenário com novas determinações. A divulgação no Portal da Transparência foi uma sugestão da ministra Ana Arraes, que solicitou inclusive a discriminação dos nomes por município.