Grávida morre em tiroteio com a PM

Uma grávida de 18 anos e um homem de 26 morreram num confronto armado com policiais no bairro de Pajuçara, Zona Norte de Natal. O bebê acabou sendo salvo, mesmo com sua mãe morta. O caso aconteceu no final da tarde de sábado (29), quando os policiais investigavam uma suposta festa promovida por membros de facção criminosa.

De acordo com informações da polícia, o bar onde estava sendo realizada a confraternização fica na Rua da Integração, no Loteamento Nova República.

Quando a polícia chegou, já teria sido recebida a tiros. No confronto foram feridos Rodrigo Santos Gomes, de 26 anos, e a grávida, Raiane Sousa da Silva, de 18. Os dois foram socorridos para o Hospital Santa Catarina. Lá, não resistiram aos ferimentos e morreram.

Mesmo assim, com a morte da mulher, a equipe médica conseguiu salvar a vida do bebê, que segue sob cuidados. De acordo com informações do hospital, o estado de saúde da criança é grave, mas estável. Segundo informado, a gravidez já estava perto do fim.

Os familiares dela souberam do que aconteceu na delegacia, para onde foram conduzidas 13 pessoas que estavam na festa. A polícia apreendeu ainda duas armas e munições. OP9