Instituto Seta e coordenador de campanha de Josimar são representados por divulgação de pesquisa fraudulenta impugnada pela Justiça Eleitoral

Uma representação foi ajuizada contra o coordenador de campanha do prefeito e candidato à reeleição Josimar Ferreira, o Senhor Joel Dias, por publicação fraudulenta da pesquisa do Instituto Seta por meio de grupos de Whatsapp. A divulgação está proibida, visto que a pesquisa foi suspensa por determinação da Justiça Eleitoral, atendendo a um pedido liminar impetrado pela assessoria jurídica do vereador Leandro Horácio, em razão de irregularidades encontradas na sua realização.

Em uma nova representação, a assessoria jurídica do vereador Leandro Horácio requer a tomada de medidas legais para a execução da medida liminar, bem como a aplicação da multa por divulgação da pesquisa do instituto Seta estipulada no valor de R$ 60 mil em face do descumprimento da decisão judicial proferida pela juíza eleitoral da 13a Dra. Marina Melo Martins Almeida.