Manifestantes se reúnem em Natal e pedem eleições com voto impresso

Centenas de pessoas se concentraram na tarde deste domingo, 01 de agosto, no cruzamento do shopping Midway Mall, em Natal, para participar de um protesto a favor do voto impresso, ou auditável, como os apoiadores da ideia preferem chamar.

Os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem se empenhado em defender a impressão do voto dado na urna eletrônica, usavam faixas e cartazes reivindicando a impressão do voto nas eleições do próximo ano.

Durante a mobilização o deputado Federal General Girão (PSL) discursou no carro de som. Ele defendeu a tese de que o voto eletrônico pode ser manipulado.

“A vontade do povo expressada nas urnas não pode ficar sujeita a uma intervenção de um hacker, de um invasor, que altere o resultado final. É possível manipulação? Sim. Toda e qualquer operação eletrônica que use a rede mundial de computadores está sujeita à invasão, à alteração daquele procedimento realizado” afirmou Girão.

Em outra área da capital potiguar, na Av. Roberto Freire, mais uma centena de carros e motos seguiram em direção à concentração do bairro do Tirol, mas antes os motoqueiros percorreram várias ruas da cidade.

O voto impresso se transformou em um grande embate entre o presidente da república, Jair Bolsonaro, e o presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ministro Luís Roberto Barroso. Ambos já trocaram várias acusações, chegando ao ponto do presidente da república ameaçar não haver eleições em 2022. Já o Ministro continua afirmando que a votação eletrônica é absolutamente segura.