PF prende empresário na Paraíba e cumpre mandados no RN

O empresário Roberto Santiago foi preso nesta sexta-feira (22) pela Polícia Federal, na terceira fase da Operação Xeque-Mate. Ele é acusado de participar do esquema de corrupção e fraudes licitatórias em Cabedelo, na Paraíba.

Além da prisão dele, a PF cumpre outros 11 mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados na Paraíba e no Rio Grande do Norte. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Justiça Estadual de Cabedelo. Ainda foram sequestrados 20 imóveis dos investigados.

No RN, as buscas estariam acontecendo em uma empresa e em um condomínio em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal.

A terceira fase da operação pretende desarticular o esquema ilícito nos contratos de coleta de lixo da Prefeitura de Cabedelo. Os contratos investigados superam R$ 42 milhões. A operação conta com 65 policiais.

Os investigados vão responder pelos crimes de formação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e fraude licitatória. As penas somadas poderão chegar a mais de 30 anos de reclusão.