População carcerária potiguar aumenta em mais de mil detentos entre 2016 e 2017

Em 12 meses, a população carcerária do Rio Grande do Norte aumentou em 1.049 detentos. O número consta na edição mais recente do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) e foi divulgado pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) nesta sexta-feira, 8. O órgão é vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Em 2016, segundo o estudo, haviam 8.809 detentos nas 32 unidades prisionais do estado. Um ano antes, esta população era de 7.760 presos.

As informações do Infopen foram organizadas e tabuladas ao longo dos últimos meses, com a participação de organizações do Poder Executivo e também dos estados da federação.

O número exato de presos no sistema penitenciário brasileiro somou 726.712 pessoas em junho de 2016 – último dado tabulado.

Rio Grande do Norte tem a 9ª menor taxa de aprisionamento do país, diz levantamento

De acordo com o levantamento, a taxa de aprisionamento no Rio Grande do Norte em 2016 chegou a 253,5%, enquanto que em no ano anterior era de 225%.

No mesmo período, o número de vagas nos presídios potiguares diminuíram. Em 2016, 4.265 vagas. Já em 2015, esse número era de 4.280.

Defato