Por falta de oxigênio nos hospitais, Amazonas vai transferir pacientes para o RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) informou, nesta quinta-feira (14), que o Rio Grande do Norte receberá dez pacientes que serão transferidos da rede estadual de saúde do Amazonas para o Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), em Natal. O estado do Norte enfrenta crise na saúde pública, com superlotação e falta de oxigênio nos hospitais. 

De acordo com a Sesap, os pacientes serão transferidos pelo Ministério da Saúde, Forças Armadas e Governo do Amazonas e o Governo do RN está a postos e se coloca à disposição para auxiliar na chegada e assistência dos pacientes. 

“Ressalta-se que, levando em consideração o alerta epidemiológico de registros de casos de uma nova variante da Covid-19 no Amazonas, a equipe de Vigilância Epidemiológica da Sesap e o Laboratório Central de Saúde Pública do RN (Lacen) se organizam para execução de ações que conduzirão o processo de sequenciamento genético das amostras dos pacientes que tiverem coletado RT-PCR no estado de origem”, explicou a Sesap, em nota.

A secretaria também destacou que as equipes irão estabelecer o fluxo em parceria com o Laboratório de Virologia da UFRN, que mantém articulação com a Fiocruz, para o sequenciamento dessas amostras e identificação da Cepa do vírus SARS-CoV-2.