Prefeito de Canguaretama diz que antecessora deixou dívida de R$ 24 milhões

O prefeito de Canguaretama, Wellinson Ribeiro, revelou que assumiu o município com uma dívida milionária. O gestor lembra que a cidade esteve sob o comando do grupo político da ex-prefeita Fátima Marinho, de 2003 a 2020. O rombo seria de R$ 24.286.199,30. Um dos passivos mais graves é com o INSS, com desfalque de R$ 15.449.393, comprometendo totalmente as contribuições previdenciárias dos servidores do município. 

Wellinson trouxe um estudo inicial, antes de fazer uma auditoria final, ao revelar que a folha de pagamento de dezembro de 2020 também não foi paga pela ex-prefeita Fátima Marinho, deixando a gestão anterior com uma dívida dos funcionários de R$ 1.020.416,42. Fazem parte do passivo revelado, R$ 1.239.715,68 (precatórios) e R$ 6.576.674,19, com fornecedores. 

“São números alarmantes, uma vergonha para o nosso povo deixar Canguaretama com dívida superior a R$ 24 milhões. O dinheiro do INSS que não foi recolhido é um absurso. Mesmo com a prefeitura no vermelho não vamos desistir. Vamos persistir com trabalho, com foco e fé. Juntos, vamos avançar”, disse o novo prefeito Wellinson. 

Na próxima semana, Wellinson irá divulgar o relatório do primeiro mês de trabalho e já adianta que mais informações devem chegar sobre as dificuldades financeiras denunciadas pelo gestor atual.