Rafael Motta pede explicações sobre encerramento do acordo entre BB, Caixa e lotéricas

O deputado federal Rafael Motta (PSB) assinou, nesta segunda-feira (28), o requerimento de informação ao Ministério da Economia sobre o fim do acordo entre o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal para uso das agências lotéricas e terminais de autoatendimento. A medida surgiu após procura do Sindicato dos Empresários Lotéricos do RN.

De acordo com o parlamentar, o rompimento dessa parceria provoca diversos questionamentos que devem ser esclarecidos. “Estamos passando por uma pandemia e enfrentando um dos momentos mais difíceis da história do país, mais do que nunca precisamos de um sistema de bancos públicos eficiente”, justifica ele.

No dia 18 de novembro BB e Caixa encerraram o acordo de compartilhamento das agências lotéricas e terminais de autoatendimento. Com isso, os correntistas do Banco do Brasil não poderão utilizar os caixas de atendimento da Caixa. Os clientes do CEF também estão impedidos de utilizar o autoatendimento do BB.

“Essa medida deixa milhões de clientes dos bancos sem alternativas para realizar transações, o que atinge cidades pequenas e distantes dos grandes centros, que não contam com agências bancárias, principalmente idosos, aposentados e pensionistas, que estão familiarizados com a internet ou tem acesso precário à rede de computadores”, destacou o parlamentar.

Segundo Rafael, é importante que o Ministério da Economia esclareça essas questões levantadas em consequência do fim do acordo com as instituições bancárias públicas e que em um primeiro momento só trazem prejuízo à população brasileira.