Servidores da saúde protestam contra fechamento da UTI cardiológica do Hospital Walfredo Gurgel

Na manhã desta terça-feira (10), os servidores da saúde estadual realizaram um ato em frente ao Hospital Walfredo Gurgel. Em assembleia realizada ontem (10) os servidores decidiram manter a greve que já dura doze dias.

O ato público protestou contra o fechamento da UTI cardiológica do Hospital Walfredo Gurgel, que está com as portas fechadas há quase um mês. Os servidores reivindicam a reabertura imediata da UTI, além de outros pontos da greve como o salário em dia, concurso público, entre outros.