STF mantém concurso da Polícia Federal neste domingo

O Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta sexta-feira, 21, o pedido de suspensão das provas do concurso da Polícia Federal 2021. O julgamento terminou com seis votos a favor da manutenção e apenas um pelo adiamento.

O ministro que votou pelo adiamento, inclusive, foi o primeiro a votar. O responsável pelo voto foi Edson Fachin, relator do processo. Mas, não foi capaz de levar a decisão até o fim.

Sozinho, Fachin viu todos os companheiros irem contra o seu voto e divergirem da decisão. Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Carmem Lúcia, Marco Aurélio, Nunes Marques e Luiz Fux, presidente, foram favoravéis a manter as provas.

Com 6 votos a favor da manutenção das provas e apenas um para o adiamento, não há mais chance do STF decidir pela não realização. Ainda falta aparecer o voto de Nunes Marques no site do órgão, mas já é dado como certo. Então, os candidatos já podem se preparar para provas no domingo, 23.