Suspeito de chefiar facção no RN é preso em operação; ele aparece em músicas e vídeos da organização criminosa

Polícia Civil/Divulgação

Policiais civis da Delegacia Municipal de Macaíba deflagraram, nesta terça-feira 22, a 20ª fase da Operação “Parabellum”, que visa desarticular organizações criminosas na cidade de Macaíba. Durante a ação, foram presos dois foragidos da Justiça, na BR-226, em Mangabeira, Macaíba.

As diligências objetivaram a prisão de Vagne Faustino Justino, conhecido como “Bin Laden”, 25 anos, que estava foragido desde 2019, após condenação pelo crime de homicídio qualificado. De acordo com investigações, ele é apontado como um dos chefes da facção criminosa com origem regional, com atuação no bairro Mangabeira, sendo ele mencionado em músicas e vídeos da facção, que circularam nas redes sociais. Vagen Faustino também é apontado como suspeito de um homicídio praticado em Mangabeira.

Na abordagem, o suspeito apresentou um documento de identificação falso e passou a se apresentar com a falsa identidade, corroborado por sua namorada, que o acompanhava no momento. Ele foi preso em flagrante pelos crimes de uso de documento falso, direção perigosa e por conduzir veículo sem habilitação. A mulher de 28 anos foi autuada pelo crime de favorecimento pessoal e liberada após a formalização de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Durante a operação, os policiais civis também prenderam Carlos Alberto Gomes Júnior, 34 anos, que estava foragido desde 2018, em razão de condenação pelos crimes de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Ele é apontado como um dos integrantes que atuam à frente da facção criminosa, no bairro Felipe Camarão. No momento da prisão, o grupo se deslocava em um veículo já identificado pela polícia e, quando da abordagem, fugiram pela BR- 226, em alta velocidade e fazendo ultrapassagens perigosas, sendo interceptados pelos policiais civis.