Suspeito de matar filha de PM é morto em confronto com a Polícia

Jackson Assis, suspeito de assassinar filha de PM Wendel Cortez – Foto: Reprodução

Um dos acusados de participar da morte da pequena Laura, filha do policial militar reformado Wendel Cortez, no último domingo (8), foi morte na tarde desta quarta-feira (11) em confronto com a Polícia no loteamento José Sarney. A morte do criminoso foi anunciada por Wendel Cortez em suas redes sociais.

O acusado morto nesta tarde é Jackson Assis de Souza, um dos dois suspeitos apontados por Wendel como partícipe da emboscada que vitimou a filha do PM no domingo. Ele divulgou, nesta terça-feira (10), a foto de dois homens que ele teria reconhecido no momento do crime que tirou a vida de sua filha, a pequena Laura, de 4 anos. O segundo acusado é João Vitor Lopes da Silva, e ainda não foi capturado.

“Eu quero agradecer à PM. A informação que chegou agora é que o Jackson confrontou com a polícia no Sarney e morreu. A filha não é minha, a filha é do Rio Grande do Norte e a justiça vai ser feita. E não era com morte não é com prisão. Agora se reagir vai ter que morrer”, disse Wendel Cortez em vídeo postado nas redes sociais.

Com informações do Novo Notícias.