ERA SÓ O QUE FALTAVA: Vereadores encontram Câmara Municipal de Santo Antônio fechada e ficam impedidos de realizar reunião

Um fato inusitado aconteceu na manhã de hoje, 19, na Câmara Municipal de Santo Antônio. Ao chegaram na sede do Poder Legislativo para participarem de uma reunião prevista no calendário de 2018, os vereadores membros da Mesa Diretora Leandro Horácio, Paulo Cézar e Jardel Anselmo, além da vereadora Menta, encontraram o recinto de portas fechadas e sem qualquer servidor para abrir e trabalhar.

Ocorre que como a referida reunião estava marcada desde o início do ano, já que permanece inclusa no calendário de reuniões, o vice presidente da Mesa e os demais presentes se reuniram na calçada da Câmara e convocaram uma sessão extraordinária para a próxima sexta feira, bem como promoveu outros encaminhamentos.

Os vereadores presentes criticaram a atitude do atual presidente e afirmaram que ele está brincando com os seus colegas, já que o cumprimento do regimento e do calendário de reuniões foi objeto de acordo no Ministério Público local e mesmo assim, foi descumprido. “A Câmara tem vários servidores que deveriam estar trabalhando e não estão, de forma que apenas recebem o dinheiro público sem dar o expediente, fato que deverá ser apurado pelas autoridades”, declarou o vereador Paulo Cezar.

Ainda, segundo os vereadores que compõem a Mesa e estiveram presentes na Edilidade hoje pela manhã, tal fato se deu para evitar que os membros das comissões processantes pudessem dar andamento as reuniões das comissões processantes que apuram eventuais irregularidades cometidas pelo presidente Gustavo Alves; num ato que foge a qualquer razoabilidade e consiste em um verdadeiro atentado a democracia e ao próprio poder legislativo.

Diante da situação, os vereadores lamentaram o fato de o presidente ter fechado a Câmara Municipal sem sequer ter sido votada a Lei Orçamentária Anual, o que é inconcebível pelo próprio regimento da Câmara.